Dicas de quem é lider em Construção e Acabamentos há 40 anos.

Areia – Conheça os diferentes tipos e aprenda a identificar a ideal para sua obra

Afinal, o que é areia?

Areia consiste na fragmentação de rochas como basalto, quartzo, sílica, calcário, granito e gnaisse, resulta em um agregado miúdo chamado areia.  A mais utilizada na construção é composta principalmente por quartzo, mas em alguns casos, pode conter outros minerais como: feldspato, mica, magnetita, entre outros.

Segundo a NBR 7211 – Agregado para concreto, a areia deve ser composta por grânulos pequenos que passam por peneiras de abertura de malha de até 4,8 mm.

A areia pode ser obtida de fontes naturais ou “industrializadas”. Existem vários processos de extração. São eles:

Areia lavada

A areia lavada, ou areia natural, é a mais utilizada nas obras. Ela é extraída dos rios através de dragas de sucção. As dragas bombeiam a água contendo areia para lagoas de decantação, onde o material sólido é separado da água.

Após algumas horas na lagoa de decantação, a água é retirada através de bombas e o material sólido (composto por areia e impurezas) depositado no fundo da lagoa é retirado e peneirado para retirar pedras e vegetações. Depois de lavada, separadas nas devidas granulações fina, média e grossa, e sim a partir daí areia é comercializada.

Existe também a extração de areia natural de minas pelo método de cava seca. Nesse caso, a extração é feita através da escavação em locais onde houve acúmulo de areia durante anos.

Essa areia retirada também é peneirada para separação de pedras e vegetações e depois separada por granulações para ser comercializada.

As areias de praias e dunas não são utilizadas na construção civil devido a sua granulação irregular e a quantidade de sal. O sal é prejudicial na cura (secagem) o que impossibilita a fabricação de concretos e argamassas.

Areia lavada fina e sua utilização

A areia fina os grãos com menor diâmetros medindo entre 0,05 a 0,42mm. Ela é utilizada na fabricação de massas para revestimentos internos, como reboco fino e liso.

Areia lavada média e sua utilização

Já a areia média tem grãos de diâmetro com tamanho entre 0,42 e 2,00mm. Ela é comumente utilizada na fabricação do concreto e massas de assentamento de blocos e tijolos.

Areia lavada grossa e sua utilização

A areia grossa possui maiores grãos, com diâmetro que podem variar de 2 a 4mm. Ela é utilizada na maioria das vezes para fabricação de concreto e massa para chapisco.

Areia reciclada

Entulhos, materiais de demolição, entre outros resíduos de construção de Classe A, quando devidamente separados e moídos, geram a areia reciclada.

A areia reciclada possui as mesmas características físicas e granulações da areia lavada. A diferença está na sua composição, pois os agregados reciclados podem conter partículas de cimento, mas não impurezas como: madeira, aço e plásticos. Estes devem são antes da moagem.

A areia reciclada possui menor valor comercial em relação a areia lavada e causa menor impacto ambiental por que os leitos de rios e minas não são impactados.

A NBR 15116 – Agregados reciclados de resíduos sólidos da construção, aponta o uso de areia reciclada somente para concretos e argamassas não estruturais, como assentamento de alvenaria de vedação, calçadas, contrapisos e revestimentos.

Areia usinada ou industrializada

Devido a fragmentação da rocha ser mecânica e controlada, a areia originada neste método é tida como usinada ou industrializada.

A areia usinada é capaz de substituir a areia lavada atendendo a todos os requisitos técnicos e operacionais necessários.

O ponto positivo da areia industrializada é a sustentabilidade, dado que a sua produção não causa impactos adicionais ao meio ambiente por ser um subproduto da extração de pedras britas.

A areia usinada está ganhando espaço no mercado devido ao esgotamento de muitas jazidas naturais de areia e o aumento das restrições para retirada de areia dos leitos dos rios.

Dicas de Armazenamento

A areia deve ficar em lugar de fácil acesso para o caminhão da entrega e para os trabalhadores da obra.

Recomenda-se fazer baias com blocos ou tijolos para armazenar as areias separadas por granulometria e tipo de material. Em obras grandes estas baias chegam a ter 1,2m de altura.

As baias evitam que as areias com granulometrias diferentes se misturem entre si, e com pedras ou outros materiais. Elas também ajudam a evitar que a areia seja carregada pela água da chuva.

Para evitar perdas você pode cobrir o monte de areia com lonas plásticas. Além de evitar que a areia seja carregada pela chuva, as lonas evitam que a areia absorva umidade.

Outro ponto de atenção é que a areia não deve ser armazenada nas calçadas e passeios para não atrapalhar a circulação dos pedestres. Sempre armazene a areia dentro dos limites do terreno e do canteiro de obras.

Como comprar areia?

Você pode comprar areia para construção em sacos (normalmente comercializada em sacos de aproximadamente 20kg) ou a granel (comercializa em m³, e entregue em caminhões).

Não aceite areia suja, com aspecto que contenha óleo, galhos e muita terra. Essas sujeiras podem interferir na qualidade, resistência e durabilidade do concreto e massa.

Na Construbet você encontra areia lavada em todas as granulações, ensacadas com a pesagem de 20kg (equivalente aproximado de 1 lata). Devido aos custos de manuseio e envio, vendemos areia apenas em nossa unidade física. Entregamos em no raio de 20km da loja com taxa de entrega variável de acordo com a região.

Construbet, há 40 Anos Líder em Construção e Acabamentos

 

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe seu comentário!

Posts mais relevantes