Dicas de quem é lider em Construção e Acabamentos há 40 anos.

Como gerenciar o armazenamento de materiais em uma obra?

A desorganização no armazenamento de insumos pode provocar grandes prejuízos em uma obra. Essa má gestão pode gerar atrasos na entrega, perda de produtividade, gastos adicionais e até mesmo acidentes. Para auxiliar você e sua equipe nessa tarefa tão importante, separamos algumas dicas para otimizar o armazenamento e gestão desses materiais. Confira:

Cimentos e argamassas

Esses produtos são altamente perecíveis, e qualquer contato com a umidade pode gerar perda do mesmo. O armazenamento ideal consiste em empilhar no máximo 10 sacos com 15 a 20 centímetros do chão. Coloque as pilhas encostadas umas nas outras para evitar a circulação de ar.

Para evitar perda por vencimento, deixe bem visível as datas de validade.

Tijolos

O cenário ideal é sempre armazenar locais fechados. Caso não seja possível, opte por um ambiente seco e firme. Não esqueça de cobri-los com uma lona ou plástico.

Pilhas altas representam alto perigo de acidentes e perda de materiais. A altura máxima não pode ultrapassar 10 tijolos, o comprimento 50 e a largura 4. O espaçamento ideal entre as pilhas é de 80 centímetros.

Pisos e Revestimentos

A recomendação aqui é: evite a umidade e respeite as regras do fabricante. Pisos e revestimentos possuem características, composições e durabilidades diferentes, o que torna obrigatório descobrir a forma correta de armazenamento. Essa informação pode ser obtida no site do fabricante ou até mesmo com os vendedores do produto.

Areia e Pedras

Mais uma vez, evite locais úmidos. Você certamente comprou uma areia lavada, então não vai querer dar mais um banho no produto. Para evitar que a areia se espalhe, opte por lugares planos e, se possível, cubra com uma lona.

Peças de Aço

Grades, vergalhões e aço cortado devem ser armazenados próximos do local de uso para evitar deformações durante o deslocamento. Para evitar deformações e corrosões, opte por ambientes fechados e secos.

Telhas

Existem duas formas de armazenar telhas. Para as telhas de grande extensão, como fibra, aço galvanizado e fibrocimento, opte por pilhas empilhadas com distância de 15 a 20 centímetros do chão.

Já para telhas de cerâmica, apesar da composição ser bem próxima dos tijolos, o armazenamento é bem diferente. Elas precisam ser armazenadas de forma inclinada, jamais em pilhas. Apesar do uso final do produto ter contato com umidade, seu armazenamento de pré-instalação precisa ser seco e ventilado. Em caso de ambiente externo, recorra ao uso de lonas.

Além de organização, é de extrema importância em qualquer obra é ter materiais de qualidade. Para isso, tenha sempre um fornecedor confiável que trabalhe com as grandes marcas do mercado. Há mais de 40 anos de mercado, a Construbet conta com um imenso catálogo de produtos, além de uma equipe técnica capacitada para te auxiliar em qualquer etapa da sua obra.

Construbet – Fácil de comprar, fácil de pagar!

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe seu comentário!

Posts mais relevantes