Dicas de quem é lider em Construção e Acabamentos há 40 anos.

Brasileiros estão mais propensos a comprar e reformar imóveis, e nós sabemos bem disso!

loja-de-material-de-construção-comprar-on-line

Por isso trouxemos as principais tendências em produtos presentes nos últimos eventos e feiras da Construção

Em 2019, antes do mundo ser surpreendido pela COVID-19, a relação do brasileiro com a casa própria estava mudando. Os principais analistas financeiros, destacavam as vantagens do aluguel ao invés da compra do imóvel, com cálculos que provavam que investir o dinheiro era mais rentável que aplicá-lo na compra de um imóvel. Por outro lado o perfil do consumidor estava em processo de mudança: não sentia mais a necessidade de “possuir algo” e sim “usufruir de algo” pelo tempo que necessitasse. Pesquisas de 2019 confirmam que mais de 61% dos brasileiros que estavam na busca por um imóvel, tinham a preferência pelo aluguel. Além de outras preferências: o imóvel deveria ser próximo ao local de trabalho, com espaços cada vez mais compactos ou até mesmo compartilhado para baratear o custo.

Então veio a pandemia, o home-office, a instabilidade econômica, e mudou totalmente a nossa relação com a casa, emprego e família.

Uma pesquisa recente feita pelo Google, mostra que 42% dos entrevistados se sentem mais ligados ao seu lar. Isso reflete diretamente no desejo de ter seu próprio lar, é o que aponta a pesquisa, onde 57% dos brasileiros dizem enxergar a casa própria como prioridade número 1 de investimento. E os números confirmam: só no primeiro semestre desse ano, o mercado imobiliário registrou um aumento de 46,1% na venda de apartamentos novos.

As preferências também foram alteradas. Agora o consumidor deseja espaços maiores, com dois ou mais dormitórios, pois as atividades passaram a serem feitas dentro de casa.

Outra mudança radical foi na forma de fechar negócio. O consumidor se adaptou rapidamente ao meio digital no longo período em que as pessoas precisaram ficar confinadas em suas casas. Assim, não apenas a busca por um imóvel inicia-se pela internet, mas quase todo o processo de compra também é realizado online. O resultado é que as empresas do mercado imobiliário têm passado por grandes mudanças para acompanhar toda essa digitalização, e principalmente nas grandes imobiliárias, a inovação se tornou a nova palavra de ordem.

Fonte: Texto Adaptado Jornal de Brasília 
Foto: banco de Imagens Oficial Construbet

 

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe seu comentário!

Posts mais relevantes